.ΩM - obracolética 
 


" […] de repente, dei-me conta da beleza de cada grãozinho: ao invés de amorfa,  verifiquei que cada partícula possuía uma forma geométrica perfeita, com arestas vivas, de cada uma das quais partia um brilhante feixe de luz, enquanto cada minúsculo cristal refulgia qual o arco-íris […] Os raios cruzavam-se, formando delicados desenhos de uma beleza tal que perdi o alento […] e então, inopino, meu consciente iluminou-se e eu percebi, de modo vívido, como fora criado o Universo: partículas materiais que, embora pudessem ser amorfas e inanimadas, estavam, não obstante, prenhes dessa intensa e vital beleza. Por um segundo ou dois o mundo inteiro surgiu diante de mim qual resplendor de glória. Quando isso se dissipou, deixou-me com algo que jamais esqueci e que constantemente me faz recordar a beleza encerrada em cada átomo que nos envolve. “  


Aldous Huxley - Céu e Inferno / 1956 

 

.ΩM - obracolética 
 


" […] de repente, dei-me conta da beleza de cada grãozinho: ao invés de amorfa,  verifiquei que cada partícula possuía uma forma geométrica perfeita, com arestas vivas, de cada uma das quais partia um brilhante feixe de luz, enquanto cada minúsculo cristal refulgia qual o arco-íris […] Os raios cruzavam-se, formando delicados desenhos de uma beleza tal que perdi o alento […] e então, inopino, meu consciente iluminou-se e eu percebi, de modo vívido, como fora criado o Universo: partículas materiais que, embora pudessem ser amorfas e inanimadas, estavam, não obstante, prenhes dessa intensa e vital beleza. Por um segundo ou dois o mundo inteiro surgiu diante de mim qual resplendor de glória. Quando isso se dissipou, deixou-me com algo que jamais esqueci e que constantemente me faz recordar a beleza encerrada em cada átomo que nos envolve. “  


Aldous Huxley - Céu e Inferno / 1956 

 

.ΩM - obracolética 
 


" […] de repente, dei-me conta da beleza de cada grãozinho: ao invés de amorfa,  verifiquei que cada partícula possuía uma forma geométrica perfeita, com arestas vivas, de cada uma das quais partia um brilhante feixe de luz, enquanto cada minúsculo cristal refulgia qual o arco-íris […] Os raios cruzavam-se, formando delicados desenhos de uma beleza tal que perdi o alento […] e então, inopino, meu consciente iluminou-se e eu percebi, de modo vívido, como fora criado o Universo: partículas materiais que, embora pudessem ser amorfas e inanimadas, estavam, não obstante, prenhes dessa intensa e vital beleza. Por um segundo ou dois o mundo inteiro surgiu diante de mim qual resplendor de glória. Quando isso se dissipou, deixou-me com algo que jamais esqueci e que constantemente me faz recordar a beleza encerrada em cada átomo que nos envolve. “  


Aldous Huxley - Céu e Inferno / 1956 

 

.ΩM - obracolética 
 


" […] de repente, dei-me conta da beleza de cada grãozinho: ao invés de amorfa,  verifiquei que cada partícula possuía uma forma geométrica perfeita, com arestas vivas, de cada uma das quais partia um brilhante feixe de luz, enquanto cada minúsculo cristal refulgia qual o arco-íris […] Os raios cruzavam-se, formando delicados desenhos de uma beleza tal que perdi o alento […] e então, inopino, meu consciente iluminou-se e eu percebi, de modo vívido, como fora criado o Universo: partículas materiais que, embora pudessem ser amorfas e inanimadas, estavam, não obstante, prenhes dessa intensa e vital beleza. Por um segundo ou dois o mundo inteiro surgiu diante de mim qual resplendor de glória. Quando isso se dissipou, deixou-me com algo que jamais esqueci e que constantemente me faz recordar a beleza encerrada em cada átomo que nos envolve. “  


Aldous Huxley - Céu e Inferno / 1956 

 

.ΩM - obracolética 
 


" […] de repente, dei-me conta da beleza de cada grãozinho: ao invés de amorfa,  verifiquei que cada partícula possuía uma forma geométrica perfeita, com arestas vivas, de cada uma das quais partia um brilhante feixe de luz, enquanto cada minúsculo cristal refulgia qual o arco-íris […] Os raios cruzavam-se, formando delicados desenhos de uma beleza tal que perdi o alento […] e então, inopino, meu consciente iluminou-se e eu percebi, de modo vívido, como fora criado o Universo: partículas materiais que, embora pudessem ser amorfas e inanimadas, estavam, não obstante, prenhes dessa intensa e vital beleza. Por um segundo ou dois o mundo inteiro surgiu diante de mim qual resplendor de glória. Quando isso se dissipou, deixou-me com algo que jamais esqueci e que constantemente me faz recordar a beleza encerrada em cada átomo que nos envolve. “  


Aldous Huxley - Céu e Inferno / 1956 

 

.ΩM - obracolética 
 


" […] de repente, dei-me conta da beleza de cada grãozinho: ao invés de amorfa,  verifiquei que cada partícula possuía uma forma geométrica perfeita, com arestas vivas, de cada uma das quais partia um brilhante feixe de luz, enquanto cada minúsculo cristal refulgia qual o arco-íris […] Os raios cruzavam-se, formando delicados desenhos de uma beleza tal que perdi o alento […] e então, inopino, meu consciente iluminou-se e eu percebi, de modo vívido, como fora criado o Universo: partículas materiais que, embora pudessem ser amorfas e inanimadas, estavam, não obstante, prenhes dessa intensa e vital beleza. Por um segundo ou dois o mundo inteiro surgiu diante de mim qual resplendor de glória. Quando isso se dissipou, deixou-me com algo que jamais esqueci e que constantemente me faz recordar a beleza encerrada em cada átomo que nos envolve. “  


Aldous Huxley - Céu e Inferno / 1956 

 

.ΩM - obracolética 

 

" […] de repente, dei-me conta da beleza de cada grãozinho: ao invés de amorfa,  verifiquei que cada partícula possuía uma forma geométrica perfeita, com arestas vivas, de cada uma das quais partia um brilhante feixe de luz, enquanto cada minúsculo cristal refulgia qual o arco-íris […] Os raios cruzavam-se, formando delicados desenhos de uma beleza tal que perdi o alento […] e então, inopino, meu consciente iluminou-se e eu percebi, de modo vívido, como fora criado o Universo: partículas materiais que, embora pudessem ser amorfas e inanimadas, estavam, não obstante, prenhes dessa intensa e vital beleza. Por um segundo ou dois o mundo inteiro surgiu diante de mim qual resplendor de glória. Quando isso se dissipou, deixou-me com algo que jamais esqueci e que constantemente me faz recordar a beleza encerrada em cada átomo que nos envolve. “  

Aldous Huxley - Céu e Inferno / 1956 

 

Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. Roupas: Loja Garpy
Produção: Danusa Peixoto
Assistente de Luz: Beto Bonfim
Locação: Woods Campo Grande, MS
Modelo: Ingrid Kemp Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. Roupas: Loja Garpy
Produção: Danusa Peixoto
Assistente de Luz: Beto Bonfim
Locação: Woods Campo Grande, MS
Modelo: Ingrid Kemp Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. Roupas: Loja Garpy
Produção: Danusa Peixoto
Assistente de Luz: Beto Bonfim
Locação: Woods Campo Grande, MS
Modelo: Ingrid Kemp Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. Roupas: Loja Garpy
Produção: Danusa Peixoto
Assistente de Luz: Beto Bonfim
Locação: Woods Campo Grande, MS
Modelo: Ingrid Kemp Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. Roupas: Loja Garpy
Produção: Danusa Peixoto
Assistente de Luz: Beto Bonfim
Locação: Woods Campo Grande, MS
Modelo: Ingrid Kemp Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. Roupas: Loja Garpy
Produção: Danusa Peixoto
Assistente de Luz: Beto Bonfim
Locação: Woods Campo Grande, MS
Modelo: Ingrid Kemp Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. Roupas: Loja Garpy
Produção: Danusa Peixoto
Assistente de Luz: Beto Bonfim
Locação: Woods Campo Grande, MS
Modelo: Ingrid Kemp Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. Roupas: Loja Garpy
Produção: Danusa Peixoto
Assistente de Luz: Beto Bonfim
Locação: Woods Campo Grande, MS
Modelo: Ingrid Kemp Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. Roupas: Loja Garpy
Produção: Danusa Peixoto
Assistente de Luz: Beto Bonfim
Locação: Woods Campo Grande, MS
Modelo: Ingrid Kemp

Editorial de Moda fotografado para o portfólio da Produtora Danusa Peixoto. 

Roupas: Loja Garpy

Produção: Danusa Peixoto

Assistente de Luz: Beto Bonfim

Locação: Woods Campo Grande, MS

Modelo: Ingrid Kemp

Double exposure <3 Double exposure <3

Double exposure <3

Liam e sua espada mágica. Campo Grande, 2013. #ligthpainting #ligths #colors #photography #nikon #childhood #inspire #love

Editorial Maloca Querida. Campo Grande, 2014. Ficha técnica:
Modelos: Carina Villalba, Vitória Coquemala e Fábio loveMake: Carina Villalba Assistentes de luz: Carina, Mike, Suza e Thiemy (obrigada mon amours S2)
Produção: Suzamar Rodrigues.Big thanks everyone! Beijos!! Editorial Maloca Querida. Campo Grande, 2014. Ficha técnica:
Modelos: Carina Villalba, Vitória Coquemala e Fábio loveMake: Carina Villalba Assistentes de luz: Carina, Mike, Suza e Thiemy (obrigada mon amours S2)
Produção: Suzamar Rodrigues.Big thanks everyone! Beijos!! Editorial Maloca Querida. Campo Grande, 2014. Ficha técnica:
Modelos: Carina Villalba, Vitória Coquemala e Fábio loveMake: Carina Villalba Assistentes de luz: Carina, Mike, Suza e Thiemy (obrigada mon amours S2)
Produção: Suzamar Rodrigues.Big thanks everyone! Beijos!! Editorial Maloca Querida. Campo Grande, 2014. Ficha técnica:
Modelos: Carina Villalba, Vitória Coquemala e Fábio loveMake: Carina Villalba Assistentes de luz: Carina, Mike, Suza e Thiemy (obrigada mon amours S2)
Produção: Suzamar Rodrigues.Big thanks everyone! Beijos!! Editorial Maloca Querida. Campo Grande, 2014. Ficha técnica:
Modelos: Carina Villalba, Vitória Coquemala e Fábio loveMake: Carina Villalba Assistentes de luz: Carina, Mike, Suza e Thiemy (obrigada mon amours S2)
Produção: Suzamar Rodrigues.Big thanks everyone! Beijos!! Editorial Maloca Querida. Campo Grande, 2014. Ficha técnica:
Modelos: Carina Villalba, Vitória Coquemala e Fábio loveMake: Carina Villalba Assistentes de luz: Carina, Mike, Suza e Thiemy (obrigada mon amours S2)
Produção: Suzamar Rodrigues.Big thanks everyone! Beijos!!

Editorial Maloca Querida. Campo Grande, 2014. 

Ficha técnica:

Modelos: Carina Villalba, Vitória Coquemala e Fábio love
Make: Carina Villalba 
Assistentes de luz: Carina, Mike, Suza e Thiemy (obrigada mon amours S2)

Produção: Suzamar Rodrigues.

Big thanks everyone! Beijos!!


Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014. Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014. Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014. Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014. Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014. Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014. Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014. Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014. Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014. Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014.

Stunning Arraial do Cabo, summer 2013 - 2014.

E o primeiro job do ano foi um jantar aconchegante e carinhoso em comemoração as bodas de madeira de Raffaela e Fernando. Parabéns casal! Que venham mais infinitos e intensos anos para comemorar :) E o primeiro job do ano foi um jantar aconchegante e carinhoso em comemoração as bodas de madeira de Raffaela e Fernando. Parabéns casal! Que venham mais infinitos e intensos anos para comemorar :) E o primeiro job do ano foi um jantar aconchegante e carinhoso em comemoração as bodas de madeira de Raffaela e Fernando. Parabéns casal! Que venham mais infinitos e intensos anos para comemorar :) E o primeiro job do ano foi um jantar aconchegante e carinhoso em comemoração as bodas de madeira de Raffaela e Fernando. Parabéns casal! Que venham mais infinitos e intensos anos para comemorar :) E o primeiro job do ano foi um jantar aconchegante e carinhoso em comemoração as bodas de madeira de Raffaela e Fernando. Parabéns casal! Que venham mais infinitos e intensos anos para comemorar :)

E o primeiro job do ano foi um jantar aconchegante e carinhoso em comemoração as bodas de madeira de Raffaela e Fernando. 

Parabéns casal! Que venham mais infinitos e intensos anos para comemorar :)


The little surfer. Arraial do Cabo, 2014. 

  1. Camera: Panasonic DMC-TZ8
  2. Aperture: f/5.6
  3. Exposure: 1/500th
  4. Focal Length: 49mm
Seja bem vinda Maria Abelinha linda S2 Seja bem vinda Maria Abelinha linda S2 Seja bem vinda Maria Abelinha linda S2 Seja bem vinda Maria Abelinha linda S2 Seja bem vinda Maria Abelinha linda S2 Seja bem vinda Maria Abelinha linda S2

Seja bem vinda Maria Abelinha linda S2

Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline. Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline. Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline. Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline. Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline. Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline. Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline. Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline. Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline. Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! Gratidão imensa e eterna ao Grupo I&#8217;memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. &lt;3Beijos, Alline.

Este foi o primeiro parto que fotografei na vida. E já pra começar, foi natural, humanizado e domiciliar. 

Da água para vida, Luiz Theobaldo, seja muito bem vindo! 

Gratidão imensa e eterna ao Grupo I’memby (https://www.facebook.com/Imemby), que fez com que este momento se concluísse com maestria, precisão e muito carinho. 

Que a minha profissão me leve sempre a momentos como este, onde os sentimentos são reais e a admiração é sincera.  E o amor, puro. <3

Beijos, 

Alline.